PORTO ALEGRE | Av. Ijuí, 533

Segunda a Sexta das 9h às 19h

Sábado das 9h às 17h

(51) 3321-2559

(51) 3388-6004

(51) 99291-9172

Seu cachorro deve ser independente!

Passar o tempo todo dando carinho e agradando o cão que você acabou de adotar ou comprar é normal. O problema é a hora de sair de casa para trabalhar e estudar, quando o cachorro tem de ficar sozinho, longe de quem ele se sente quase completamente dependente.

Em razão disso, é fundamental que, desde o momento em que o cão vai para seu novo lar, ele seja ensinado a ser independente. Quando sozinho, o bichinho sente a falta do seu dono e, em conseqüência, acaba sofrendo. Para o bem do seu animal, você deve fazer com que ele entenda que pode muito bem ficar sozinho durante algumas horas.

Não se preocupe: seu cão continuará lhe amando! A diferença é que ele não terá problemas enquanto você estiver fora de casa.

Veja abaixo algumas dicas para tornar seu bichinho mais independente: 

·         Nas primeiras semanas, deixe o cão preso em um dos ambientes da casa – um quarto, por exemplo –, sem dar atenção a ele o tempo todo. Por mais que possa parecer cruel, isso permitirá que o cachorro entenda que quando ele está sozinho, tudo está bem. Além disso, ele não associará a presença do dono à possibilidade de ficar solto pela casa.

ATENÇÃO!

O ambiente escolhido deve ter bom espaço arejado. Deixe comida, local para necessidades e os brinquedos do cão.

Se você soltar o cachorro sempre que chegar em casa, pode acontecer de o animal associar sua chegada à sua soltura. O resultado será um animal angustiado na espera do dono, que culmina em problemas como ansiedade e separação.

·         Depois das primeiras semanas, o recomendado é chegar em casa e esperar um pouco para soltar o bichinho, ao menos durante um período de tempo. Assim, o animal vai se acalmar e continuará a entender que a chegada do dono não significa que ele será solto para “perambular” pela casa.

 OBS: quando o cachorro se acostuma a ficar preso em um determinado ambiente, o dono pode continuar a fazer isso no futuro, seja para ter mais liberdade para realizar alguma atividade da casa ou para receber alguma visita. O benefício é que o animal não ficará aborrecido com a situação, sem latir ou uivar.

Acompanhe nas redes sociais

 

Atendimento

PORTO ALEGRE | Av. Ijuí, 533

Segunda a Sexta das 9h às 19h

Sábado das 9h às 17h

(51) 3321-2559

(51) 3388-6004

(51) 99291-9172

 

Cachorraria