PORTO ALEGRE | Av. Ijuí, 533

Segunda a Sexta das 9h às 19h

Sábado das 9h às 17h

(51) 3321-2559

(51) 3388-6004

(51) 99291-9172

A primavera é a estação das flores e muitas das plantas que as originam e enfeitam os parques, os jardins das casas e o terraço ou o interior dos apartamentos podem ser inimigas dos animais de estimação – cães e gatos. Isso porque elas são tóxicas e, por serem atraentes devido à coloração, acabam sendo ingeridas pelos animais.

Os piolhos não são um problema exclusivo dos seres humanos, sobretudo das crianças. Os cães também podem sofrer com eles. Mas há um detalhe aí: os piolhos que atingem os cães não afetam os seres humanos – e vice-versa. Ou seja, os piolhos têm predileção a uma determinada espécie.

Se determinados alimentos podem ser prejudiciais aos cães, outros tantos podem ser ingeridos por eles sem problemas. Claro que é necessário observar como o seu cachorro reage ao consumir estes alimentos permitidos, além de ficar atento à quantidade e frequência com que ele os consome. Confira abaixo nove alimentos comuns que os cães podem comer.

O sexto sentido dos cães

Os cães são muito espertos e intuitivos. Saiba cinco coisas que os animais conseguem perceber nos humanos e ao seu redor intuitivamente.

 

– Humor: os cães percebem com qual humor estamos. Exemplo disso é que quando estamos tristes, eles não saem do nosso lado.

Estimule seu cão a explorar novos ambientes

Os cães necessitam mais que uma casa, uma caminha, uma tigela com ração e outra com água para se sentirem plenamente felizes. Isso porque estes fatores, entre outros, estão ligados apenas ao bem-estar físico e à satisfação das necessidades do corpo destes animais. Mas para garantir o bem-estar mental, os cães também possuem necessidades psíquicas.

Dicas de como se aproximar de um cachorro de forma segura

Quando você está andando pela rua e aparece um cachorro passeando com o dono, qual a sua reação? Provavelmente, você irá querer fazer um carinho no cachorro, como um bom apreciador de animais que é. Mas é importante que o encontro transcorra de forma absolutamente segura – para você e o animal.

Para se chegar à idade “real” do cachorro, um estudo realizado pela BBC, no Reino Unido, 

idade cao

desconsiderou o cálculo simples de se multiplicar a idade do animal por 7. De acordo com o estudo, para se calcular a idade do cachorro correspondente a de um ser humano é preciso levar em conta alguns fatores.

Acompanhe nas redes sociais

 

Atendimento

PORTO ALEGRE | Av. Ijuí, 533

Segunda a Sexta das 9h às 19h

Sábado das 9h às 17h

(51) 3321-2559

(51) 3388-6004

(51) 9291-9172

Cachorraria